27.4.07

De la brevedad engañosa de la vida

Menos solicitó veloz saeta
destinada señal, que mordió aguda;
agonal carro por la arena muda
no coronó com más silencio meta,

que presurosa corre, que secreta,
a su fin nuestra edad. A quien lo duda,
fiera que sea de razón desnuda,
cada Sol repetido es un cometa.

?Confiésalo Cartago, y tú lo ignoras?
Peligro corres, Licio, si porfías
en seguir sombras y abrazar engaños.

Mal te perdonarán a ti la horas:
las horas que limando están los días,
los días que royendo están los años.

(Góngora)

Marcadores: , , ,

5.4.07

Sem inspiração
ou vontade.

Mas escrita não é inspiração!

Vontade seria?

Ah, seria, se me impedisse
De dizer o que disse.
Claro que andei revendo "Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças". Claro que andei sonhando amar mil vezes a mesma pessoa.
How happy is the blameless vestal's lot!
The world forgetting, by the world forgot.
Eternal sunshine of the spotless mind!
Each pray'r accepted, and each wish resign'd;
(Alexander Pope, Abelard to Eloisa)

3.4.07

e de repente ouço minha mãe falar: sabe, aquela lá, aquela que é filha do João do Inferno?
e mais um riso meu pro dia.
eu te olho e você me olha e brincamos. brincamos de sete.
hoje olhei para o alto. há tempos não o fazia. em Campinas não se pode falar de imensidão ao falar do alto. mas tem aqui um pouco de céu e umas construções meio toscas que, de vez em quando, ficam até interessantes.
hoje ri quase às gargalhadas. desde quando mesmo faço piadas? e desde quando minhas piadas suscitam o riso, o sorriso, a risada?
e bem que quem me conhece sabe que sou toda rio. ou água.

Marcadores: , ,