24.9.09

reter a lágrima, não completamente
dar ao olho o brilho
que mente

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial