10.9.10

No teu rosto triste
No teu rosto de rio
Cada lágrima é margem
Que acompanha a água

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial