5.3.07

mas aí eu me lembrei. tinha, sim, uma coisa que eu queria dizer. dizer e aparecer, de qualquer maneira. enfim, tinha. e era:
essas noites em que a gente tem insônia/gente perdida como eu/essas noites trazem uns segredinhos interessantes/uns pequenos prazeres/
que podem ser:
um soninho imprevisto e que passa rápido (parece que nem existiu), mas durante o qual veio a chuva. não perceber que choveu é tão bom...
um vizinho sozinho madrugando, pouco disposto, faz um cafezão. e vem aquele cheiro. eu adoro o cheiro de café assim de manhã.


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial