5.3.07

quem saberá o que disse e não disse. pois ainda agora estava aqui, mas já não está mais. quem sente vergonha da própria palavra (e, sim, do sentimento que a criou). quem sente uma vergonha maior que a vaidade de produzir um belo discurso. tanta que não o deixa vir a público, ainda que não haja público.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial